REALIZAÇÃO

SEQUÊNCIA FILMES, MÚSICAS E CÊNICAS

A Sequência FILMES foi fundada em 2001 por Eveline Costa com a produção do curta-metragem experimental “LUZ NEGRA” em 16 mm, com direção do renomado artista plástico Nuno Ramos. Produtora do MULTICIDADE – Festival Internacional de Mulheres nas Artes Cênicas (2015), com Patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro (Fomento de Cultura Carioca 2014/2015) e Dove em coprodução com Comboio Produções. Produtora do longa-metragem CADA VEZ MAIS LONGE, direção de Eveline Costa e Oswaldo Eduardo Lioi (2014), selecionado para a 18ª MOSTRA DE TIRADENTES;

Produtora dos espetáculos de teatro: MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO (2014), CATADORES DE SONHOS – Utopia com atores e alpinistas, com patrocínio Oi Futuro, Metrô Rio, Kinoplex e Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz (2011); CIDADE IN/VISÍVEL em 2010 (Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz 2009), com direção de Jadranka Andjelic. Realizadora de ISTO É SOBRE LIBERDADE – Performance solo em dança contemporânea (Fomento Cidade Olímpica 2015/2016)em co-produção Trânsito Produções.

Produtora do curta-metragem “DIA SIM, DIA NÃO”, com direção de Eveline Costa, premiado como melhor documentário no Rio Criativo/FIRJAN 2008, além do Prêmio Curadoria e Prêmio Mochileiro (Popular) no ENTRETODOS – 2º Festival de Cinema de Direitos Humanos/São Paulo. O filme participou de 28 festivais no Brasil, na Europa, Estados Unidos e Ásia; Produção (3 edições) do Festival de Música RIO AXÉ (2006,2007 e 2008) com shows de Ivete Sangalo, Margareth Menezes, Cláudia Leite, Skank, entre outros. Praça da Apoteose/RJ. Público: 40.000 pessoas. Produção do Show do guitarrista norte-americano Stanley Jordan (2004) no Blue Tree Park, Brasília. Documentário TEM SOL NA BOUTIQUE, selecionado e apoiado no edital Fonds des Iniciatives Etudiantes du Théatre de la Cité Internationale de Paris (2009).

 

STUDIOLINE FILMES

Studioline Filmes é uma Casa de Produção Italo-Carioca que opera no setor Audiovisual e na Produção de Eventos à mais de 30 anos. Desde a década ’80, realizou os vídeos da serie Rio-Vídeo Arte (“Waltercio Caldas”, “Tunga”, “Antônio Dias”, “Carlos Vergara”, “Lygia Clark”, “Iole de Freitas” entre outros), cruzando o marketing político das novas realidades politicas alternativas emergentes, como a do Partido Verde (ao longo de 20 anos ) até às campanhas de Comunicação Ambiental e Social. Também não faltou um pouco de Cinema, e alguns Documentários internacionais (a longa “Transeurope Hotel “, Kumbamela, Cuba Libre, entre outros). Nas produções internacionais realizou também trabalhos de Publicidade, Programa de TV, e Vídeo Clipes. Continua operante no Mercado Audiovisual, agora com uma nova vertente de co-produção em Festivais Internacionais das Artes Cênicas. Em 2015 realiza, em co-produção, o Festival Multicidade – Mulheres nas Artes Cênicas, Rio de Janeiro.